quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dica da semana! Filme: "Uma noite em 67"

A década de 60 representa o ápice de um movimento planetário conhecido como “Contracultura”. Iniciado nos Estados Unidos, o descontentamento dos jovens com os rumos que a humanidade trilhava durante a Guerra Fria, principalmente em oposição à Guerra do Vietnã, foram expressos em movimentos sociais embalados pela máxima “Faça Amor não faça guerra” e regado a muito rock.


No Brasil, em plena Ditadura Militar, ocorre em 1967 o Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, no qual nomes de peso da cultura brasileira iniciavam suas carreiras como Gilberto Gil, Chico Buarque, Os Mutantes e Caetano Veloso. O filme de Renato Terra e Ricardo Calil “Uma noite em 67” está em cartaz na cidade e traz registros da época do emblemático festival, com cenas e entrevistas dos bastidores, antevendo o que viria a ser o “Tropicalismo”, nossa mais generosa contribuição a “Contracultura” e talvez a mais bela reação à Ditadura Militar que assolou nosso país de 1964 a 1985.

Sugiro a todos que queiram conhecer mais sobre esse período e sobre a cultura brasileira que vejam o documentário antes que sai de cartaz para dar lugar a mais um enlatado Stallone que insiste em dizer que no Brasil se pode explodir o que quiser e ainda receber um macaco de presente. Lamentável...

8 comentários:

  1. Amei, estou louca para ver.
    Mas fiquei com algumas dúvidas. Que dia será o lançamento do filme? Vai sair no cinema comercial?

    ResponderExcluir
  2. Já está em cartaz e no circuito comercial. Só procurar...

    ResponderExcluir
  3. pra quem tá interessado, o documentário tá em cartaz no espaço unibanco da pompeia, augusta e frei caneca, também no cine bombril e no uol priemière - playart. indico a todos os interessados no assunto, é essencial dar uma assistida aos arquivos e depoimentos sobre o festival. e aos curiosos, que vão sem preconceitos. o documentário canta e encanta.
    um ponto que me fascina são as cenas de entrevistas nos bastidores, enquanto um artista era entrevistado, os outros circulavam ao redor. é lindo!

    ResponderExcluir
  4. Também adorei a dica. Vou assistir!!
    Você poderia me indicar algum livro sobre esse mesmo período?

    ResponderExcluir
  5. Fafamb
    Procure autores que estavam presentes nos festivais e escreveram livros do período. Ruy Castro e indico o livro "Verdade Tropoical" de Caetano Veloso.

    ResponderExcluir
  6. O filme é muito bom! Os depoimentos são interessantíssimos e as músicas são de excelente qualidade, tanto sonora quando lingüística. O documentário é emocionante!

    ResponderExcluir